quarta-feira, 1 de junho de 2011

Não basta ser Madrinha e Padrinho, tem que participar...

Gente, ser convidada para ser madrinha ou convidado para ser padrinho de um casamento é realmente algo muuuuito importante. Não significa um lugar no altar, mas sim o lugar que você ocupa no coração e na vida dos noivos, por terem te escolhido para estar ao lado deles no momento mais especial de suas vidas; o casamento!


Por esse e mil outros motivos, é preciso muuuuito cuidado e carinho na hora de assumir esse papel, lá vão algumas regrinhas e diquinhas pra vocês:


POSSO RECUSAR UM CONVITE PARA PADRINHO OU MADRINHA? COMO? 
Ser convidado para padrinho ou madrinha é uma honra para a maioria das pessoas. Apesar disso, algumas não se sentem confortáveis com a situação. Se este é o seu caso, explique delicadamente que ficou muito honrada(o) com o convite, mas, infelizmente, não poderá aceitar. 
Você pode alegar um compromisso previamente agendado ou dizer explicitamente que não se sente confortável em caminhar até o altar e permanecer ali na presença de tantas pessoas. 
Evite dizer algo do tipo “Gostaria muito, mas minha situação financeira não permite”. Isso pode até ser verdade, mas irá ofender os noivos. Eles certamente não o escolheram para ganhar um presente caro, mas esta frase deixa claro que é isso que você está pensando. 
Caso tenha sido convidada e seu namorado, noivo, ou marido não foi, você poderá recusar elegantemente, alegando que, em respeito a ele, você prefere ir ao casamento como convidada para que possam permanecer juntos durante toda a cerimônia e festa. Mas nada de fazer drama para que os noivos convidem alguém com quem não tem intimidade para ser padrinho ou madrinha. É um direito deles não querer e é um direito seu recusar. Sem mágoas e sem ressentimentos, ok? 
PREPARATIVOS.
Quando os padrinhos receberem oficialmente o convite, a festa (provavelmente) já estará toda decidida e planejada, mas não custa nada se oferecer para ajudar no que for preciso. Porém, o tradicional chá de cozinha das mulheres, despedida de solteiro dos homens, ou a novidade chá-bar (festa para os dois), é, sem dúvidas, uma parte muito importante! Cabe sim, aos familiares mais próximos (pai, mãe, irmã), algumas decisões, mas os padrinhos têm papel fundamental: Organizar, escolher um tema, bolar as brincadeiras, etc. Se você é madrinha ou padrinho e não tem muita intimidade com os demais, não se recue de maneira alguma; tente entrar em contato com o responsável pela organização e se ofereça para participar e didividir os custos (se necessário) também.
PRESENTES. 
Pergunte onde os noivos deixaram a lista de presentes e escolha o melhor que puder de acordo com o seu orçamento. 
Se o seu par no altar não é o seu marido / namorado vocês deverão entrar em contato antes do casamento para decidir se cada um oferecerá um presente diferente ou se preferem escolher um só item e dividir o valor. Caso fiquem com a última opção, o cartão de felicitações que acompanha o presente deverá ser assinado pelos dois. 
Para os noivos que já moram juntos, vão morar no exterior ou já possuem a casa mobiliada, ofereça dinheiro como presente. É o que eles esperam e irão adorar, pois poderão pagar algumas despesas extras da festa ou gastar com a tão sonhada lua-de-mel. A quantia fica a seu critério, mas ofereça o melhor que puder. Neste caso, oferecer dinheiro não é deselegante! 
Caso a própria loja onde os noivos fizeram a lista não se encarregue disso, os presentes deverão ser entregues, com antecedência, na casa da noiva (no endereço que aparece do lado inferior esquerdo do convite), mesmo que você seja padrinho ou madrinha do noivo. Se você veio de longe ou por algum outro motivo não pode entregar seu presente antes, poderá levá-lo até a casa dos pais da noiva no dia seguinte ao casamento.

Evite levar o presente para a igreja ou salão, mas caso tenha que partir logo após o casamento, deixe-o no carro e, em uma ocasião oportuna, entregue-o para o responsável pelo cerimonial. Se não houver cerimonial, entregue-o para os pais da noiva no final da festa. 
MADRINHA PODE USAR PRETO? 
Você tem um pretinho básico ou um pretinho chique no guarda roupas que seria perfeito para qualquer ocasião, menos para esta. Na verdade, é melhor esquecer que este pretinho existe (para não cair em tentação). 
Você não quer ser lembrada nas fotos como a madrinha que usou preto no altar! Não é mesmo? O motivo é simples: preto lembra luto! Se você estiver de preto em um casamento onde é madrinha, a “idéia” que passa é a de que você ficou triste com o casamento! (Por mais que você deteste o noivo da sua melhor amiga, por exemplo, ninguém precisa saber disso, ok? Vamos respeitar o sentimento da amiga! Ela merece, até te chamou para ser madrinha!) 
Imagine se todas as outras tiverem mesma idéia que você? Afinal, vestido preto todo mundo já tem, preto é uma cor que emagrece e fica bem para a maioria das pessoas. O resultado será um altar monocromático e apagado e triste. Definitivamente, não pode! 
MADRINHA PODE USAR BRANCO? 
Mais uma vez: Não pode! De jeito nenhum! Nesse dia o branco (e afins, such as: gelo, off white, bege) é exclusividade da noiva. 
COMO ESCOLHER O VESTIDO DE MADRINHA? 
Geralmente é a noiva quem decide como as madrinhas devem se vestir. É ela quem define se o comprimento dos vestidos será curto, longuete ou longo e se elas deverão usar tonalidades fortes ou tons pastel. 
Nos EUA é tradição a noiva pedir que todas as madrinhas usem um mesmo modelo de vestido, e a mesma cor, no altar. No Brasil, por ser um país bem mais democrático, essa prática não funciona muito. Mas caso a noiva peça, é de bom tom aceitar. 
Portanto, se não houver nenhuma reunião geral para definir esses detalhes, pergunte diretamente a ela o que você deve usar. Perguntando você evita gastar com o modelo errado, evita gafes e desentendimentos com as demais. 
Definidos a tonalidade e o comprimento, escolha um belo vestido com o qual você se sinta linda e confortável, mas evite decotes exagerados e fendas enormes, assim como muito brilho e cauda, que é permitida apenas no vestido da noiva. 
Chapéu apenas para casamentos diurnos ao ar livre. Mesmo assim, não é obrigatório e é melhor não usar se você não se sente confortável com ele. 
TRAJES PARA OS PADRINHOS. 
A noiva também define o traje dos padrinhos. Existem as seguintes opções: 
Todos de fraque (em casamentos muito formais).
 Todos de meio-fraque.
 Todos de terno de determinada cor.
 Todos de terno escuro.
 Todos de terno claro.
 Todos de terno, e cor a critério de cada um. 
Se ela quiser que todos aluguem os trajes na mesma loja, deve avisá-los com antecedência. Se ela não disser nada, telefone e pergunte diretamente o que você deve vestir. Isso facilita para que você possa providenciar a compra ou aluguel do traje adequado e não corra o risco de ser o único diferente no altar. Sei que homens nunca pensam nisso, vale pedir ajuda para a mãe, namorada, esposa rsrs.. certamente elas entendem melhor sobre o assunto. 
PADRINHO PODE USAR SMOKING? 
A menos que a noiva tenha dito que quer todos de smoking, não pode. O smoking é apropriado para festas de gala e recepções que pedem traje a rigor. O noivo não deve usá-lo e seus padrinhos e convidados também não. 
O QUE UM PADRINHO DEVE EVITAR? 
Gravatas de cores berrantes ou com estampas engraçadinhas. Motivo simples: vai tirar a atenção sobre a noiva, no altar. As atenções deve ser toda para ela. 
Gravatas exageradamente largas. Fica feio, achata a silhueta. 
Gravatas que ultrapassam a fivela do cinto. Nunca deve acontecer. Nem em casamento, nem no trabalho. O oposto também não deve acontecer: gravatas muito acima da fivela do cinto, jamais! 
Gravata frouxa que irá deixá-lo com aparência de desleixado. 
Relógio esportivo com terno. Fica esquisito e pouco elegante. Sei que tem gente que usa e tem estilo para isso, mas é raro. 
Meias brancas com terno. Not cool! 
Meias curtas com terno. DICA: Se um pedaço da sua perna ficar à mostra quando você sentar e cruzar uma perna sobre a outra, escolha uma maior. 
HORÁRIO. 
A noiva deve avisá-los com antecedência sobre o horário. Se for necessário chegar mais cedo, programe-se para que não haja atrasos. Hoje em dia as noivas são até multadas se atrasarem, então melhor ser pontual! 
Se houver dúvidas, pergunte tudo diretamente a ela. Que horas deverão chegar ao local, para onde deverão se dirigir (sacristia, sala reservada, etc), se haverá alguém encarregado de reunir todos os padrinhos e madrinhas para o cortejo, etc. 
COMPORTAMENTO. 
Se você tem crianças pequenas, verifique com antecedência quem cuidará delas durante a cerimônia, pois você não poderá sair do altar para acalmá-las quando começarem a chorar. E isso vai acontecer! 
Não exagere na bebida para não fazer nada que possa trazer arrependimentos depois. Procure manter-se alinhada(o) durante toda a festa. Lembre-se que os padrinhos costumam ser bastante requisitados para fotos. 
Os talheres são dispostos na mesa de acordo com a ordem em que os pratos serão servidos. Inicie de fora para dentro. Se mesmo assim você não tiver certeza de qual talher pegar para comer determinado prato, observe discretamente qual deles foi utilizado pelos demais convidados e faça o mesmo. 
Não seja o primeiro a dar a idéia da brincadeira da gravata. Se ninguém lembrar, melhor! Todos que estão ali já presentearam o casal com um item da lista. Ninguém precisa passar pelo constrangimento de ser chamado de pão duro porque não levou dinheiro trocado ou porque não pode gastar mais nada. 
Não insista para ser fotografado, mas caso o fotógrafo apareça, comporte-se naturalmente. 
Mesmo que você seja amigo(a) íntimo(a) dos noivos, evite “alugá-los” demais. Neste dia eles serão o alvo das atenções e requisitados por todos os outros convidados. 
Se não houver cinzeiro sobre as mesas, não fume. Algumas pessoas conseguem uma Liminar na Justiça para permitir o fumo em salão fechado para festa privada, mas isto tem sido cada vez mais raro. Caso não consiga ficar sem fumar, melhor mesmo usar a area externa do salão e não incomodar os demais convidados. 

Acho que não ficaram dúvidas né?! Hihi!
Gostaram?!
Um beijo


Idéia: Blog Say I Do

10 comentários:

Lucas disse...

Os principais deveres de um padrinho heheheh :D

1º Organizar a despedida de solteiro.
Teu amigo não pode ir pra forca sem antes aproveitar sua derradeira noite de pura esbórnia e bebedeira. Até os condenados à cadeira elétrica têm direito a um último pedido, com o noivo não pode ser diferente.
2º. Garantir que o noivo sobreviva à despedida de solteiro.
Festas tendem a fugir ao controle. Um grupo de homens bebendo descontroladamente num ambiente fechado na companhia de mulheres seminuas é a receita certa para problemas. O padrinho tem de evitar a todo custo que o noivo se meta numa briga com algum bêbado ou que chegue em casa com marcas de batom pelo corpo.
3º. Preparar o plano de fuga.
Homens têm medo de compromisso, todo mundo sabe disso. Mesmo que o casal pareça ser feito um para o outro, o noivo precisa ter a opção de desistir de tudo na última hora. É aí que entra o padrinho.
Estude bem o local em que a cerimônia será realizada, procure saídas de emergência e descubra qual a melhor rota para uma fuga rápida. Se possível, deixe um carro estacionado nas imediações.
4º. Curtir como se não houvesse amanhã.
Já que a noiva é gente boa, a despedida de solteiro foi um sucesso e o noivo resolveu realmente casar, agora só te resta aproveitar o dia mais feliz na vida do teu amigo. Beba até cair, daí levante-se e comece a beber de novo.
Parabéns, sua missão foi cumprida com sucesso.

kkkkk.... axei isso na net :D


Mto bom o post Má ... bju gde !

Thaís Araújo disse...

As dicas são ótimas, flor!
São tantos detalhes pra se preocupar, né?

Beijos.

www.consumisse.blogspot.com

Blog Tips and Trends disse...

Adorei....o post foi bem detalhado e explicativo!!
beijos
Ma Amorim - Blog Tips and Trends
http://blogtipsandtrends.blogspot.com/

Mari disse...

Legais as dicas,
Vou ser madrinha da minha irmã em novembro e por fim,agente acaba ficando ansiosa ,participando de tudo junto com a noiva né!

E isso é o mais legal!!

Mari-Rosa Choque

Meu Armário de Ideias disse...

As dicas sao excelentes! Essas sao para guardar. Parabéns!

Bjos,
http://www.meuarmariodeideias.blogspot.com/

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Ma Haik disse...

Aos comentários desnecessários: Quando retiro o texto inteiro de algum lugar SEMPRE coloco as origens, não tem porque não fazer isso. Agora, quando partes da matéria são acrescentadas, e minha matéria não é igual, não. Ok?

Sou uma super fã do blog citado por você, jamais tentaria prejudicá-lo ou tirar de si o seu mérito por suas matérias fantásticas, não faz parte dos meus princípios esse tipo de coisa!

Críticas são muito bem vindas, espero ter te explicado! Qualquer outra coisa que não te agradar, o espaço é totalmente público para comentar, mas por favor.. assine!

Leitoras, desculpem pelo comentário tá!!!

Um beijo
Ma Haik

re_becah disse...

flor, quantas ideias geniais :))

O dia que eu for madrinha tenho que voltar nesse post :))


Beeeijooo

http://re-becah.blogspot.com

Say I do disse...

Oi Marilia!
Tudo bem?
Parei aqui nesse post pois algumas leitoras me escreveram!
Acho que vc deveria ter citado sim que retirou as dicas do Say I do. Ou melhor, do site Benissimo. Da mesma forma que eu os citei quando fiz o post!
Bem pouco foi alterado por vc no texto. Fica a dica! Sabemos que nesse mundo virtual as noticias correm rápido rs! Por isso é sempre bom ficar atenta e sempre, sempre citar sua fonte! Mesmo que vc tenha copiado o título!!!
Bjos Camila!
ps: adoro seu blog!

Lorena disse...

Realmente, concordo com Say I do. Pega mal para vc. É melhor tentar criar uma identidade e evitar esses aborrecimentos.